Bem Vindo ao Blog do Professordesiderio

terça-feira, 11 janeiro, 2011

 Quer um site só pra você ou sua empresa?

.


Lazaro Ramos causa alvoroço em marcha contra Genocídio do Povo Negro em Salvador

sexta-feira, 22 agosto, 2014

0519

Por: Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)

O ator baiano Lázaro Ramos participou, na tarde desta sexta-feira (22), da Marcha Nacional contra o Genocídio do Povo Negro em Salvador. Ao chegar ao Largo dos Aflitos, o artista provocou um verdadeiro alvoroço, sendo imediatamente cercado por fãs.
0518

Com uma câmera na mão, Lázaro estava gravando um documentário para o Programa Espelho, que comanda no Canal Brasil, na TV a cabo.

O programa, que ainda não tem data para exibição, será dedicado exclusivamente à Marcha contra o Genocídio do Povo Negro.

A caminhada que começou nos Aflitos foi até o Largo da Piedade. Lázaro Ramos entrevistou manifestantes e escolheu personagens para o Programa Espelho.

Do Bocão News

Descontrole de políticos mostra enfraquecimento de campanha

sexta-feira, 22 agosto, 2014

Jornal do Brasil

É alarmante a preocupação que tomou conta dos políticos que apoiam certa candidatura à presidente da República. Esse tom de desespero passa para a opinião pública que a vantagem sobre o candidato divulgada pela primeira pesquisa do Datafolha só pode estar aumentando.

Falta profissionalismo no descontrole emocional dos chefes de campanha. O povo percebe que o candidato deve estar enfraquecendo. Já não conseguia se aproximar da candidata à reeleição. Agora, este descontrole de políticos – que mostram que não tem vivência política na vida pública – só serve para enfraquecer principalmente os grandes financiadores cabos eleitorais.


Prefeito de Alagoinhas garante que Souto não construiu hospital

sexta-feira, 22 agosto, 2014

 Por: Cíntia Kelly (@cintiaKelly_)


A polêmica paternidade do Hospital Dantas Bião, de Alagoinhas, ganha um novo capitulo. O prefeito Paulo Cezar (PSD) afirmou ao Bocão News que Paulo Souto, em seu ultimo mandato, fez a reforma da unidade hospitalar. “Ele não construiu nada, apenas fez a reforma”, disse ao mesmo tempo em que lembrou que o Bião tem mais de 60 anos.

Em entrevistas, o candidato Paulo Souto tem dito reiteradas vezes que um dos feitos de sua administração a construção do Hospital Dantas Bião. De Alagoinhas, o deputado estadual Joseildo Ramos (PT) já rebateu Souto.

Segundo Paulo Cezar, o Dantas Bião está sendo gerido pelo Monte Tabor. O prefeito reconhece que o hospital  carece de especialidades, a exemplo de neurocirurgião. Paulo Cezar participa em Feira de Santana da assinatura da ordem de Serviço para duplicação das BRs 116 e 101.

Bocão News


Dilma defende qualificação profissional e ensino técnico no combate à pobreza

sexta-feira, 22 agosto, 2014

A candidata à reeleição, presidenta Dilma Rousseff, visitou na quarta-feira (20) uma unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) em Belo Horizonte. A candidata diz ter orgulho do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e destacou que a qualificação profissional e a educação são formas de saída da pobreza e do analfabetismo.

Dilma Rousseff ressaltou que pretende ampliar o programa, caso seja reeleita. “Nós estamos prevendo como a continuidade mais 12 milhões de matrículas asseguradas até 2018”, disse Dilma, que definiu o programa como uma “parceria muito bem-sucedida entre o que há de melhor na área de ensino técnico no Brasil”.

Segundo ela, 70% dos cursos são de qualificação profissional e o restante, de nível médio na área técnica. A candidata também destacou a gratuidade e a facilidade de acesso ao programa.

De acordo com a assessoria da campanha, Dilma conheceu alunos dos cursos de mecânica e moda. Ela também entrou em salas de aula e tirou fotografias com os estudantes. Em entrevista coletiva, a candidata disse que o Brasil será um outro país se tiver uma geração de técnicos. Ela também defendeu a relação do Pronatec com famílias beneficiadas pelo Bolsa Família, dizendo que das 8 milhões de vagas do programa, 1,4 milhão são destinadas a esse grupo.

“Sempre perguntavam, como é a porta de saída? Não tem porta de saída, tem é porta de entrada para o mundo do trabalho. No Bolsa Família, as pessoas têm oportunidade de se qualificarem e ganharem, pelo suor do seu rosto, um salário melhor, e aí saem do Bolsa Família, não é por decreto”. Segundo a candidata, em questões de pobreza extrema, se torna “tradição” a continuidade do analfabetismo.

Sobre a entrada da ex-senadora Marina Silva como candidata a presidente pelo PSB, após morte de Eduardo Campos, Dilma evitou comentar o assunto e disse que vai usar a campanha “para explicar à população tudo que fizemos e qual o nosso projeto para o novo ciclo de desenvolvimento”.

Em Brasília, a respeito do mesmo assunto, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse que “temos de trabalhar muito, ter humildade, pé no chão, pedir voto do eleitor, e informar, discutir, mostrando para ele o que fizemos e as nossas propostas. Quanto aos adversários, cada um vai reunir as forças que puder, e vai ser uma boa disputa”.


Emprego formal mantém saldo positivo em julho

quinta-feira, 21 agosto, 2014

Fonte: MCS – Assessoria MTE

Ministro faz anúncio dos dados de emprego formal em julho

Ministro faz anúncio dos dados de emprego formal em julho

No primeiro semestre do ano, o Brasil gerou mais empregos (588.671) que países como Chile (53.964), Japão (40 mil), Austrália (91.320) – considerando os dados da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico). “Isso prova que a nossa política está correta: manter o crescimento sem sacrificar a classe trabalhadora”, ressaltou o ministro Manoel Dias que fez nesta quinta-feira (21) o anuncio dos números do Caged em julho. Para o ministro, os investimentos no país vão impulsionar setores que tem perdido força no ano, como a indústria. “Esperamos uma recuperação desses setores a partir de agosto, com o aumento da produção das empresas para as compras de final de ano”, avaliou.

Segundo os Dados do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados, já foram gerados um total de 5.512.308 empregos com carteira assinada desde 2011, um crescimento de 12,51% no estoque de empregos formais no país. Em 12 meses o aumento foi de 737.097 postos de trabalho, correspondendo à elevação de 1,82%. No acumulado do ano a expansão foi de 1,56%, representando um acrescimo de 632.224 novas vagas. Em julho, com o incremento de 11.796 postos de trabalho gerados, o crescimento foi de 0,03% em relação ao mês de junho, resultado de 1.746.797 admissões contra 1.735.001 desligamentos no período.

O resultado de julho mantém a trajetória de crescimento do emprego no país. Segundo Dias, apesar do agravamento da crise mundial, o Brasil tem se consolidado como um dos países que mais gera empregos no mundo desde 2008. “Em 2014, enfrentando o mesmo cenário econômico global, ainda geramos mais empregos do que países como Chile, Austrália e Japão”, avaliou.

Dentre os oito setores de atividade, sete expandiram o nível de emprego em julho. Em termos absolutos, os principais setores responsáveis pelo desempenho positivo foram: Serviços (+11.894 postos ou + 0,07%), Agricultura (+9.953 postos ou +0,60%), Construção Civil (+3.013 postos ou + 0,09%) e Administração Pública (+ 1.201 postos ou +0,13%), porém, a Indústria de Transformação (- 15.392 postos ou -0,18%), foi o setor onde se registrou maior declínio no nível de emprego.

Ele destacou a importância da geração de postos continuar positiva no mercado brasileiro, mesmo num cenário mundial adverso. No acumulado do ano foram gerados 632.224 postos de trabalho formais e nos últimos doze meses, o aumento alcançou 737.097 postos. “Somente nos últimos 10 anos, criamos 10.8 milhões de empregos, sendo 5,5 milhões no atual governo”, acentuou o ministro.

No recorte geográfico, três das cinco Grandes Regiões apresentaram aumento no emprego, com destaque para a região Norte, com geração de 9.438 postos; Centro-Oeste, com 6.324 postos gerados; e Nordeste que gerou 6.013 postos formais no mês. Em termos absolutos, é a primeira vez que a região Norte lidera a geração de empregos no ano. Tal resultado foi proporcionado pelo desempenho do Pará (+ 6.287 postos) devido, principalmente, ao saldo positivo da Construção Civil (+4.727) no estado.

Entre as 27 Unidades da Federação, 17 delas elevaram o nível de emprego. Os destaques positivos foram São Paulo (8.308), Pará (6.287) e Mato Grosso (3.741).


Coordenador de Eduardo Campos deixa campanha de Marina Silva

quinta-feira, 21 agosto, 2014

Jornal do Brasil

Nesta quinta-feira (21), o coordenador da campanha de Eduardo Campos à Presidência da República e secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, deixou o cargo. A informação foi confirmada pelo deputado Walter Feldman (PSB-SP), ao chegar à sede do PSB para uma reunião com aliados. Feldman assumirá a coordenação-geral da candidatura de Marina Silva.

Contudo, Feldman admitiu que ainda tenta convencer Siqueira a voltar para a equipe. “Ele é o melhor para nós. A coordenação da campanha será sempre formada por PSB e Rede, juntos. Se for o Siqueira, é o ideal. Se não for, então, que assuma outro”.

Feldman afirmou que Siqueira teria decidido sair porque esperava que a indicação para o cargo partisse da ex-senadora, e não do PSB.

“Houve apenas um mal entendido. Ainda temos esperança. Não há nenhum problema em atuarmos juntos na coordenação. Agora, se ele quiser comandar, tudo bem. Não dou nenhuma bola para isso”, disse Feldman.

PSB oficializa chapa Marina Silva X Beto Albuquerque à Presidência 

Beto Albuquerque e Marina Silva oficializaram chapa
Beto Albuquerque e Marina Silva oficializaram chapa

O PSB oficializou na noite desta quarta-feira (20) a chapa Marina Silva X Beto Albuquerque à Presidência da República, uma semana após o acidente aéreo que matou o então candidatoEduardo Campos.

O nome de Albuquerque para vice foi anunciado terça-feira e ganhou força pela proximidade com Eduardo Campos e Marina Silva, além de ter se empenhado pela candidatura própria do partido e ter a simpatia do setor do agronegócio, onde Marina enfrenta resistência.

Outro fator que pesou na escolha de Beto Albuquerque é o fato de ele ser um nome de forte identificação com o partido. Dirigentes da legenda reconhecem que com a morte de Eduardo Campos, a cabeça de chapa fica com a Rede Sustentabilidade, partido que Marina ainda não conseguiu viabilizar. A ex-senadora se filiou temporariamente ao PSB, a convite de Campos, enquanto não consegue registrar sua própria legenda.

Beto Albuquerque disse nesta quarta-feira que Marina e ele serão fiéis aos compromissos do PSB e aos projetos de Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco, ex-dirigente do partido e avô de Eduardo Campos. “Marina vai cumprir os acordos firmados pelo ex-governador Eduardo Campos. Marina e Beto não vão fazer o que querem. Vão fazer o que Brasil exige e precisa, e o que o povo quer. Isso está expresso no nosso programa de governo. E este é o nosso compromisso”, afirmou o deputado.

Beto Albuquerque disse que irá trabalhar e honrar todos os compromissos e acordos feitos por Campos. “Vamos andar pelo Brasil nestes 47 dias de campanha e pregar nosso programa de governo”, acrescentou.


Vídeo com entrevista com Dilma no Jornal Nacional foi visto três vezes mais que o de Aécio

quarta-feira, 20 agosto, 2014

Vídeo com entrevista com Dilma no Jornal Nacional foi visto três vezes mais que o de Aécio
Mesmo com o grande número de acessos no vídeo da entrevista de Eduardo Campos (PSB) ao Jornal Nacional após sua morte trágica em acidente de avião, a presidente Dilma Roussef (PT) continua liderando as visualizações na internet. Até o final da manhã desta quarta-feira (20), o vídeo com a entrevista de Dilma, que está hospedado no site do JN, tinha sido visto 1,5 milhão de vezes. A entrevista de Campos, que só ganhou mais repercussão depois da sua morte, já teve 1 milhão de visualizações. Bem distante nos números, Aécio Neves, candidato a presidente pelo PSDB e primeiro da série a ser entrevistado, soma pouco mais de 405 mil visualizações. O vídeo do Pastor Everaldo (PSC), cuja entrevista foi ao ar nesta terça-feira (19), foi visto 80 mil vezes. Isso sem contar com as centenas de milhares de acessos em versões piratas disponibilizadas no Youtube. A candidata à reeleição pelo PT não vence somente nos views, mas também na audiência. A entrevista de Dilma marcou 27 pontos no Ibope, contra 23 de Aécio e Campos.
Bahia Noticias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.