Taperoá: Cinco obras sacras são roubadas

terça-feira, 28 dezembro, 2010
Foto: Lucinha de Deus

Igreja de onde obras foram levadas está prestes a completar 280 anos

Cinco obras sacras, de “valor incalculável”, foram levadas da bicentenária igreja católica, localizada na comunidade de Camurugi, em Taperoá, no sul da Bahia, na madrugada desta terça-feira (28). O sumiço das imagens de Santa Luzia, Nossa Senhora d’Ajuda, Nossa Senhora da Saúde, São Sebastião e São Gonçalo (esta, uma das únicas na Bahia), foi percebido pela manhã, quando funcionários da paróquia chegaram para fazer a limpeza. De acordo com o pároco Gilton Barbosa, as imagens eram feitas de madeira, ainda estavam com as pinturas originais e também eram banhadas a ouro. “Infelizmente, alguns irmãos resolveram levar essas imagens, de valor incalculável, durante a noite”, lamentou o religioso. Para o padre, o roubo provavelmente foi praticado por pessoas que não vivem na comunidade, localizada a 6 km da sede e onde moram cerca de mil famílias. “No dia 13 teve a festa de Santa Luzia e no dia 18 a festa de Nossa Senhora d’Ajuda, e muitos fieis de fora estiveram na paróquia”, comentou. A igreja, que em breve completará 280 anos de fundação, já foi periciada. A polícia de Taperoá faz buscas na região para descobrir o paradeiro das obras religiosas.

BN (João Gabriel Galdea)

 


BA: Wagner comenta visita de Lula

terça-feira, 28 dezembro, 2010

O governador Jaques Wagner (PT), comentou em seu programa de rádio, a visita que o presidente Lula fará amanhã (28) à Bahia, a última dele no cargo. Na ocasião, o presidente vai autorizar a construção de novas unidades do programa de habitação Minha Casa, Minha Vida no estado. Wagner comentou ainda a entrega de aproximadamente dez mil títulos de terra a antigos moradores de áreas não regularizadas. Podemos ter um número acima de 100 mil entre os que já foram entregues, e os que serão distribuídos em breve”, disse o governador. Informações do Bahia Notícias.

 

Fonte: Cláudio Humberto



Violência marca passagem do Natal em várias cidades do interior da Bahia

terça-feira, 28 dezembro, 2010

Pai de santo foi assassinado após sair de velório em Itabuna.

O Natal no interior da Bahia foi marcado por muita violência. Desde sexta-feira, 24, até o domingo, 26, vários crimes, mortes e acidentes foram registrados no Estado.

Animal na pista provoca acidente com morte em Buerarema

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em um acidente ocorrido na noite de domingo na BR-101, entre Buerarema e São José da Vitória. Valterlei Ferreira Marques, condutor de uma moto, desviou de um animal não identificado pela polícia e ao perder o controle do veículo, caiu.

Rosimeira de Brito Melo, de 21 anos, carona e esposa de Valterlei, morreu no local por uma forte pancada na cabeça. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o que motivou a morte da mulher foi a falta da fivela do capacete. O condutor foi levado para o hospital.

Dois homicídios no Natal em Itabuna

Um homem identificado como “Zé” foi executado a tiros por volta das 2 horas do sábado. Horas depois, quase que no mesmo local, no bairro Pedro Jerônimo, o pai de santo José Oscarlindo França Santos, o “Pai Didi”, 53, foi morto com dois tiros na cabeça, por volta das 15 horas.

A polícia ainda não sabe informar se houve alguma ligação entre os homicídios. O único detalhe que chama a atenção dos investigadores foi o local onde mataram o pai de santo: ele foi abordado pelos criminosos logo após sair do velório da primeira vítima.

Sete assassinatos em Feira de Santana

Quatro pessoas foram assassinadas na sexta-feira. Quando participava de uma festa na praça da Matriz, no distrito de Humildes, Michael de Jesus Sena, 21, foi atingido com um tiro e  morreu. Ele estava com  alguns amigos quando um desconhecido deflagrou o tiro durante uma briga com outra pessoa e o atingiu. De acordo com testemunhas e familiares a vítima não teve nenhum envolvimento com a confusão.

Morto ao lado de familiares

O jovem de 19 anos, Carlos Alberto Silva Junior, foi morto a tiros momentos antes da ceia de natal que se realizaria na residência onde morava, situada no bairro Barroquinha. A vítima foi  surpreendida por desconhecidos em frente a casa e estava ao lado de familiares.

Homem morre após reagir a assalto em Feira

Marcelo Rocha Bispo, 28, morreu após ser espancado por dois jovens não identificados. De acordo com familiares, a vítima reagiu ao assalto e foi agredido com pedradas e cacetadas na cabeça.

No bairro do Campo Limpo, foi assassinado com tiros na cabeça, Igor Santos Santana, 19, que residia na Rua Ouvidor no mesmo bairro.

Identificação

Foi identificado no Departamento de Polícia Técnica em Feira de Santana, o corpo de Fabiano Ferreira da Silva, 33 anos. Ele foi assassinado com vários tiros por volta das 3h da madrugada de sexta-feira. Fabiano era ex-presidiário em São Paulo e teria vindo há cerca de dois meses para Feira de Santana.

Garoto de nove anos morre após ser atingido por bala perdida

O garotinho de 9 anos, Breno Sena Ribeiro, morreu na noite de sábado por volta das 18h30 ao ser atingido no rosto por uma bala perdida. O fato aconteceu  durante uma briga envolvendo moradores no bairro Caseb, em Feira.

“Eu vinha com meu filho e familiares da casa de um parente, daí meu filho decidiu jogar vídeo game. Neste momento, eu percebi que estava ocorrendo uma confusão na rua. Por curiosidade, eu fui até o portão e o meu filho me acompanhou, foi quando deflagraram três tiros e um deles atingiu a boca da criança,” contou o pai.

Funcionário da Ciretran morre

O funcionário da  3ª Ciretran, em Feira de Santana, Anderson Moreira da Fonseca, 28, morreu após ser atingido no tórax por  uma bala perdida na noite de domingo no distrito de Matinha. Ele estava em companhia de Moacir Estrela dos Santos, que foi baleado na perna.

Feira: mais um assassinato

Elizeu Sales de Lima foi alvejado com três tiros neste domingo, quando estava na  Travessa São João do Cazumbá, no Centro Industrial do Subaé (CIS), onde morava.

Discussão em bar termina em morte em Luís Eduardo

Uma discussão em um bar, no domingo, causou a morte de José Roberto Avelino Marques, 40, em Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. O suspeito de cometer o crime, de acordo com a polícia, é um elemento conhecido por ‘Tom’, que estaria foragido e é um desafeto da vítima.

José Roberto bebia em um mercado quando ‘Tom’ chegou, havendo discussão. Neste momento, o suspeito teria dado cinco golpes de faca na vítima. Atendida pelo Samu, a vítima ainda chegou com vida no posto de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

Irmãos são presos com droga em Feira de Santana

Policiais Militares do Tático Móvel 07, em Feira de Santana, prenderam na tarde de sábado, no bairro Feira X, Adailton da Silva Santana, 22, e Washington da Silva Santana, 30, por estarem traficando drogas na região. Com os detidos, os militares apreenderam 21 pedras de Crack, 32 trouxinhas de cocaína e 22 dolões de maconha.

Homem é assassinado em Itamaraju

Pedro Sena Galvão Junior, 28, vulgo “Xinha”, foi morto a tiros na manhã de sexta-feira em Itamaraju. “Xinha” tinha várias passagens pela Polícia Civil e foi morto na Rua Buerarema, em frente a uma fábrica de sabão. Ele foi encontrado com seis perfurações de arma de fogo.

Acidente deixa dois mortos em Eunápolis

Dois carros bateram de frente na BR-367, a cerca de cinco quilômetros do centro da cidade. Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas. O desastre aconteceu por volta das 22h30 de sexta-feira (24).

Um Corsa que fazia serviço de lotação voltava de Porto Seguro com dois passageiros, quando foi atingido por um Fiesta, que invadiu a contramão. O motorista do Corsa, Doroteu de Jesus Santana, 50, ainda foi para o acostamento, mas não conseguiu evitar a batida. O carro tombou em uma ribanceira e ele morreu preso às ferragens. O passageiro Genivaldo Mendes Souza, 46, chegou a ser levado com vida para o Hospital Regional de Eunápolis (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro passageiro, Elmo Oliveira dos Reis, 40, escapou com ferimentos leves.

O motorista do Fiesta, Jorge Francisco Soares, 57, teve ferimentos leves e foi internado no HGE. Com o impacto, o carro dele pegou fogo.

Presos fogem em São Miguel das Matas

Três presos fugiram da delegacia de São Miguel das Matas, no sudoeste baiano, na manhã deste domingo, após um dos detentos render o carcereiro e liberar os dois comparsas. Ele perfurou a cela na noite de sábado e ficou escondido em uma sala. No momento em que o agente entrou no local, por volta das 7h, para servir o café, foi rendido pelo criminoso.

De acordo com informações do site Criativa On Line, os fugitivos são das cidades de Amargosa, Laje e Santo Antonio de Jesus.

Acidente deixa dois mortos em Cândido Sales

Um acidente ocorrido na manhã deste domingo (26) deixou dois mortos e dois feridos no quilômetro 910 da BR 116, próximo ao município de Cândido Sales. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um caminhão bateu na traseira de um carro de passeio, que acabou colidindo com um veículo de carga que vinha na direção contrária.

Com o impacto, os veículos pegaram fogo. O motorista do carro de passeio e o condutor do veículo de carga morreram carbonizados no local. Eles não foram identificados. As passageiras do automóvel, Auzeli Bezerra de Oliveira, 53, e Beatriz Gonçalves de Oliveira, 17, sofreram ferimentos em diversas partes do corpo e foram socorridas para o Hospital de Base de Vitória da Conquista.

Dois jovens são assassinados em Teixeira de Freitas

No sábado, por volta das 23h, um corpo do sexo masculino, cor negra, parcialmente carbonizado, foi encontrado no bairro Ulisses Guimarães, em Teixeira de Freitas. Após exames de medicina legal, os peritos observaram que a vítima foi atingida por dois projéteis de arma de fogo na cabeça e em seguida teve o corpo incendiado. O jovem foi identificado na tarde deste domingo pela sua irmã e um cunhado. Trata-se de Ariel Moura de Andrade, 21 anos de idade. A polícia investigará o caso.

Por volta das 10h30 deste domingo, um jovem identificado como Keive dos Santos Conceição, 16, estava jogando vídeo-game em uma máquina de uma sorveteria, quando dois homens desconhecidos chegaram em uma bicicleta, e um deles desceu em direção ao jovem, efetuando três disparos.

Barraqueiro é morto em Mucuri

O comerciante Agnaldo Silva Santos Neto, o “Barriga”, 39, foi assassinado dentro de sua barraca, localizada na orla marítima de Mucuri neste sábado, por volta das 19h.
Segundo informações de populares, Agnaldo estava fechando a barraca quando um cliente de identidade desconhecida não queria ir embora. Eles discutiram, e Agnaldo pediu a uma moça que trabalha com ele para chamar a polícia. Quando ela saiu, o desconhecido deu duas facadas no comerciante. A polícia instaurou inquérito policial para investigar a autoria e motivação do crime.

Informações de Radar Notícias, Itamaraju Notícias, Sigi Vilares, Correio Feirense, Acorda Cidade, Radar 64, A Voz Jovem e Teixeira News

 


Lula reclama de sindicalistas sobre o mínimo; Força mostra inconformismo

terça-feira, 28 dezembro, 2010

Lula disse que sindicalistas não estão aceitando acordo de 2007

Em dia de protesto de estudantes contra o reajuste dos parlamentares, o presidente Lula da Silva reclamou da campanha dos sindicalistas por um salário mínimo superior à proposta defendida pelo governo, de R$ 540.

No café da manhã com jornalistas, ele disse que qualquer alteração será decidida pela sua sucessora, Dilma Rousseff.

Lula se queixou que os sindicalistas não estão aceitando acordo fechado em 2007 que prevê reposições do salário mínimo levando em conta perdas com a inflação e aumento do Produto Interno Bruto (PIB).

 

“Os companheiros sindicalistas não podem fazer um acordo e esse acordo só vale quando se é para ganhar mais. Quando é para ganhar menos, não vale”, disse. “Temos um acordo para recuperar o salário mínimo até 2023”, completou.

O presidente disse que, por conta da crise financeira internacional, o PIB brasileiro neste ano ficou abaixo das expectativas iniciais e, por isso, o governo mandou para o Congresso proposta de um reajuste de R$ 540.

 

Ele avaliou que uma mudança nos critérios de reajuste do salário mínimo causará prejuízos para os trabalhadores já nos próximos anos, quando o governo estima um crescimento gradual da economia.

 

Força Sindical demonstra inconformismo com Lula

 

A Força Sindical criticou nesta segunda-feira (27) declaração do presidente Lula de que manterá em R$ 540 o valor do salário mínimo, previsto no Orçamento para 2011 e aprovado pelo Congresso.

 

Em nota assinada pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), a entidade afirmou: “No final de seu mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva parece querer que esqueçamos que seus oito anos de governo foram direcionados para o enfrentamento das desigualdades sociais. Os insensíveis tecnocratas, ainda enraizados na área econômica, insistem em dar um pífio aumento para o salário mínimo”.

A central sindical afirma que, se a medida provisória do governo prevê um mínimo de R$ 540, ela irá protocolar emendas no Congresso para um reajuste R$ 40 maior. A entidade também quer um aumento de 10% para aposentadorias acima do mínimo. A Força Sindical ainda diz que é importante manter o acordo de 2006 que calcula o reajuste com base na inflação do ano e no crescimento de dois anos anteriores. Informações da Agência Estado.

 


O Ministério Dilma e as críticas prontas

terça-feira, 28 dezembro, 2010

(Por Marcos Coimbra, da Carta Capital) Por mais que a esperemos, é sempre surpreendente a má vontade de nossa “grande imprensa” para com o governo Dilma. No modo como os principais jornais de São Paulo e do Rio têm discutido o ministério, vê-se, com clareza, seu tamanho.

A explicação para isso pode ser o ainda mal digerido desapontamento com o resultado da eleição, quando, mais uma vez, o eleitor mostrou que a cobertura da mídia tradicional tem pouco impacto nas suas decisões de voto. Ou, talvez, a frustração de constatar quão elevadas são as expectativas populares em relação ao próximo governo, contrariando os prognósticos das redações.

As críticas ao ministério que foi anunciado na última semana estavam prontas, qualquer que fosse sua composição política, regional ou administrativa. Se Dilma chamasse vários colaboradores do atual governo, revelaria sua “submissão” a Lula, se fossem poucos, sua “traição”. Se houvesse muita gente de São Paulo, a “paulistização”, se não, que “dava o troco” ao estado, por ter perdido a eleição por lá. Se convidasse integrantes das diversas tendências que existem dentro do PT, que se curvava às lutas internas, se não, que alimentava os conflitos entre elas. E por aí vai.

Para qualquer lado que andasse, Dilma “decepcionaria” quem não gosta dela, não achou bom que ela vencesse e não queria a continuidade do governo Lula. Ou seja, desagradaria aqueles que não compartilham os sentimentos da grande maioria do país, que torce por ela, está satisfeita com o resultado da eleição e quer a continuidade.

Na contabilidade matematicamente perfeita da “taxa de continuísmo” do ministério, um jornal carioca foi rigoroso: exatos 43,2% dos novos integrantes do primeiro escalão ocuparam cargos no governo Lula (o que será que quer dizer 0,2% de um ministro?). E daí? Isso é pouco? Muito? O que haveria de indesejável, em si, em uma taxa de 43,2%?

(Continua em Carta Capital)