Presidente do PT, Rui Falcão defende reação vigorosa da militância

Jornal do Brasil

O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, defenderá, nesta quinta-feira (11), durante a abertura do 5º Congresso Nacional da legenda, uma ofensiva em defesa da sigla. Para ele, é preciso haver uma “reação vigorosa” e uma “mobilização da mobilização” em favor da legenda.

“A ofensiva de agora é uma campanha de cerco e aniquilamento. Como já tentaram no passado, querem acabar com a nossa raça. Para isso, vale tudo. Inclusive, criminalizar o PT — quem sabe até toda a esquerda e os movimentos sociais –- para, ao final, cassar o registro do nosso partido”, critica Falcão.

Além disso, para o presidente do PT, é preciso “assumir responsabilidades e corrigir rumos, com transparência e coragem”. Ele também reforça a importância de retomar os valores das origens da legenda.

“Temos a convicção de que as críticas e contribuições resultantes do processo congressual vão estimular no PT um reencontro com a radicalidade política, com o caráter plural e não-dogmático que sempre nos diferenciaram. E vão colaborar para o desmanche da teia burocrática que imobiliza direções em todos os níveis e nos acomoda ao status quo”, afirma.

No discurso, o presidente do PT também defende o combate efetivo à corrupção, independente do partido envolvido. “Que se faça com o maior rigor, sem seletividade, para punir corruptos e corruptores, nos marcos do Estado Democrático de Direito”, defendeu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s