São eles os colonizadores!

França fecha parte das fronteiras para imigrantes africanos

São eles os colonizadores! Que autoridade moral pode existir nesses povos colonizadores que destruíram seus colonizados, e hoje, de uma forma criminosa não dão o direito de ir e vir?

Quem são eles, quando fazem críticas a países como o Brasil, em que, muitas vezes, por falta de segurança, podem existir crimes de todo o tipo de sorte? Mas aqui são criminosos, são aqueles que contrariam a lei, e lá os criminosos são os que fazem a lei.

Se não bastasse fazerem a lei, foram também colonizadores exploradores. Não roubaram só o ouro e a madeira, também roubaram o que é fundamental para o seu humano: o direito de viver.

Autoridades francesas fecham a fronteira com a cidade italiana de Ventimiglia 
Autoridades francesas fecham a fronteira com a cidade italiana de Ventimiglia 

Nesta segunda-feira, o ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, afirmou que a Itália precisa “assumir suas responsabilidades” no caso dos imigrantes que chegam ao país. “Desde o início do ano, recebemos cerca de oito mil pessoas e mandamos de volta para a Itália cerca de seis mil imigrantes. Eles não devem passar e é a Itália que tem que assumir a responsabilidade. É preciso respeitar as regras de Schengen”, disse Cazeneuve à mídia francesa.

Polícia fechou mezaninos da Estação Central de Milão com grades 
Polícia fechou mezaninos da Estação Central de Milão com grades 

Segundo o titular da pasta, “a Itália precisa criar centros” para distinguir os imigrantes econômicos irregulares dos refugiados. Ainda de acordo com Cazeneuve, a França não fechou as fronteiras, só está aplicando as normas permitidas pela União Europeia.

A crise entre os governos começou neste final de semana, quando centenas de pessoas foram bloqueadas na pequena cidade de Ventimiglia, que fica na fronteira entre as duas nações. Os estrangeiros são provenientes sobretudo de Eritreia, Somália, Costa do Marfim e Sudão e querem seguir para Alemanha, Áustria, Suécia e França, onde vivem seus parentes ou numerosas comunidades de suas nacionalidades.

O ministro do Interior, Angelino Alfano, criticou a França. “As imagens dos imigrantes são um tapa na cara da Europa. Aquelas pessoas querem ir para Europa, não ficar na Itália. Levarei essas fotos amanhã (16) à reunião dos ministros europeus do Interior. Se a UE não aceita acolher os imigrantes que chegam aqui, a Europa verá a Itália também não ser solidária e retribuir o mesmo tratamento”, destacou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s