Conselho Federal de Psicologia abre concurso para especialização em 11 áreas

O Conselho Federal de Psicologia publicou edital de concurso de provas e títulos para concessão de título de especialista em várias áreas. Neste edital, são contempladas as seguintes especialidades: Psicologia Clínica, Psicologia do Esporte, Psicologia do Trânsito, Psicologia Escolar/Educacional, Psicologia Jurídica, Psicologia Organizacional e do Trabalho, Psicomotricidade, Psicopedagogia, Psicologia Social, Neuropsicologia e Psicologia Hospitalar.

As inscrições poderão ser feitas através do site do organizador do certame, IDECAN, www.idecan.org.br, a partir das 14h do dia 8 de setembro até 8 de outubro. A taxa de inscrição será de R$ 75,00 (setenta e cinco reais). Um dos requisitos exigidos é que o candidato deverá ser psicólogo com mais de dois anos de inscrição em Conselho Regional de Psicologia, contínuos ou intermitentes, contados da data de realização das provas.

As provas estão previstas para o dia 29 de novembro, das 8h às 13h (horário de Brasília), simultaneamente, nas seguintes cidades: Belém (PA), Manaus (AM), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA), São Paulo (SP), Vitória (ES), Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Santa Catarina (SC), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Cuiabá (MT), Aracaju (SE), Teresina (PI), São Luís (MA) e Palmas (TO). O candidato poderá optar pela localidade onde deseja realizá-las.

Informações:0800-033-2810

atendimento@idecan.org.br

 

Conselho Pleno da OAB se posiciona contra ajuste fiscal na educação

OAB BR

Brasília – O Conselho Pleno da OAB manifestou-se nesta segunda-feira (17) contra o ajuste fiscal na educação, tanto na diminuição dos repasses de recursos para as universidades públicas quanto a mudança de regras para os contratos do Fies. Para os conselheiros federais, o contingenciamento imposto pelo Governo Federal não pode atingir área tão essencial para o país.

Referendando o entendimento do Conselho, a Ordem ingressará como parte interessada (amicus curiae) na ação que questiona as mudanças no programa de financiamento estudantil, além de assistente em ação que tramita na Justiça Federal do Mato Grosso. Havendo outras inconstitucionalidades, a OAB pode ingressar com nova ação.

Para o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, as universidades públicas não podem sofrer com sucateamento. “As universidade públicas devem ser sempre estimuladas, com acesso a todos os brasileiros. O sistema de cotas, por exemplo, abriu as portas dessas instituições a milhares de novos estudantes”, afirmou.

O conselheiro federal Maurício Gentil (SE), relator do processo que analisou o ingresso da OAB nas ações, explica que a defesa da educação como prioridade no país está de acordo com os preceitos institucionais da Ordem, defensora da cidadania e das instituições republicanas.

“Não podemos permitir o corte dos investimentos em educação. Nos preocupa a diminuição dos orçamentos das universidades públicas e as mudanças nas regras do Fies, que pegaram muitos estudantes que já tinham contratos de surpresa e dificultou o ingresso de novos alunos no programa. É um assunto de alta sensibilidade social”, explicou.

Para o conselheiro federal Carlos Frederico Nóbrega Farias (PB), o ajuste fiscal na educação é preocupante. “Podemos aceitar o contingenciamento em diversas áreas, mas nunca no futuro do país. Não pode haver ajuste fiscal na educação”, pontuou.

 

Advocacia brasileira abraça presidente da OAB-SP

 0685
OAB BR

São Paulo (SP) – Presidentes de diversas seccionais prestaram uma homenagem ao dirigente da Seccional paulista da entidade, Marcos da Costa.

O presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, destacou que a homenagem tinha inúmeras razões. “A primeira, sem dúvida, é a motivação institucional. Marcos da Costa é um exemplo para toda a advocacia brasileira de dedicação, de liderança e de inteligência. Um presidente do diálogo, que contribui de forma decisiva para as grandes vitórias da classe, obtidas nesses últimos três anos, quando passou a integrar o Colégio de Presidentes de forma afável. Mesmo sendo presidente da maior secional em número de inscritos, participa do colegiado em um plano horizontal, sem qualquer olhar de verticalidade. Isso, por si só, já demonstra sua compreensão e seu caráter”, destacou.

Em abril deste ano, Marcos da Costa sofreu um acidente de trânsito, que ocasionou o falecimento do diretor-tesoureiro da Seccional, Carlos Roberto Fornes Mateucci.

“Estamos aqui no sentido de revelar que todos os presidentes de Ordem temos Marcos da Costa como exemplo e símbolo da dedicação e doação dos dirigentes da OAB à nossa entidade”, ressaltou Marcus Vinicius.

A homenagem contou com a presença do vice-presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia; do presidente emérito da seccional paulista, Rubens Aprobatto; dos presidentes seccionais Alberto Simonetti Cabral Neto (AM), Valdetário Andrade Monteiro (CE), Ibaneis Rocha Barros (DF), Mário de Andrade Macieira (MA), Luis Claudio da Silva Chaves (MG), Júlio Cesar Souza Rodrigues (MS), Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves (PE), Sérgio Eduardo da Costa Freire (RN), Andrey Cavalcante de Carvalho (RO) e Carlos Augusto Monteiro Nascimento (SE), além dos conselheiros federais, Márcio Kayatt e Aloísio Lacerda Medeiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s