Cunha cria comissão especial para analisar o impeachment de Dilma

Jornal do Brasil

A iniciativa foi anunciada após a leitura do parecer do peemedebista pelo acolhimento do pedido de afastamento da petista.

Este é o primeiro passo para o início da discussão na Câmara dos Deputados em relação ao processo de impeachment.

A escolha dos 65 integrantes da comissão especial que analisará a abertura do processo foi marcada para a próxima segunda-feira (7) . Na terça-feira (8), o órgão legislativo será instalado, com a escolha do presidente e do relator do processo.

Os partidos que integram a base aliada do governo federal indicarão mais da metade dos deputados federais que farão parte da comissão especial. Ao todo, o bloco governista contará com 36 de 65 integrantes do colegiado parlamentar, enquanto os partidos de oposição terão apenas 17, menos de um terço do total.

Eduardo Cunha tomou a decisão de não se preocupar com o Brasil, diz Lula

“Acharam possibilidade de terceiro turno com impeachment, que não tem sustentação”

“Aqueles que quiseram fazer o terceiro turno da eleição cassando a presidenta Dilma na Justiça eleitoral agora acharam a possibilidade do terceiro turno com o impeachment, que não tem nenhuma sustentação legal a não ser uma demonstração de raiva, de ódio”, destacou.

“As pessoas sérias do país não podem aceitar isso”
“As pessoas sérias do país não podem aceitar isso”

Lula destacou que a presidente os esforços da presidente Dilma para recuperar a economia. “Me parece que a prioridade dele [Eduardo Cunha] é se preocupar com ele, o país está passando há um ano por uma conturbação. (…) Eu me sinto indignado com o que estão fazendo como país. A presidenta fazendo um esforço incomensurável, para que a gente aprove os ajustes que têm que se aprovados, recuperar a economia, e tem muitos deputados querendo contribuir, mas o presidente da Câmara me parece que tomou a decisão de não se preocupar com o Brasil.”

O ex-presidente ressaltou ainda que, em um momento em que o Brasil passa por dificuldades, não só a presidente mas também prefeitos, governadores, e outros países como Estados Unidos, China e Alemanha também enfrentam dificuldades. “Se a gente não fizer um pacto para o país voltar a crescer, tudo vai piorar.”

Questionado pela imprensa sobre as acusações de que a presidente feito barganha no Congresso, o ex-presidente foi enfático: “É muito difícil alguém imaginar que a Dilma faz barganha.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s