Dilma é refém ‘da turma da esculhambação’ do PMDB, diz Ciro Gomes

0733

Em entrevista, ex-ministro garante ainda que Eduardo Cunha não sairá impune

Ciro analisou a conjuntura política em entrevista ao jornalista Jorge Bastos Moreno, noCanal Brasil. “Falei com o presidente Lula e com a presidente Dilma que é uma imprudência colocar este PMDB na linha de sucessão do Brasil. Você tem hoje essa esquizofrenia no governo Dilma. A Dilma faz um discurso moralista, essa é a formação dela, de pequena burguesa, que advoga a decência, e ela é intransigentemente correta, porém recebeu um governo todo misturado, e uma turma que é do ramo da esculhambação”.

O político também comentou o caso da carta enviada pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB) à mandatária, e classificou como “mimimi” o lamento pela ausência de protagonismo político. Para Ciro, a presidente paga o preço por ter o partido do vice como aliado.

“O povo precisa saber que em caso de impeachment, quem assume é Michel Temer. Os problemas não mudarão. Michel Temer é íntimo parceiro do Eduardo Cunha, este que está escandalizando o país, que constrangeu o Brasil inteiro, com projeção no exterior, com dinheiro na Suíça, acusado de formação de quadrilha, de ser ladrão de milhões do dinheiro público, e que manipula o parlamento ao seu gosto e prazer”, alertou Ciro Gomes.

“Esse [processo de] impeachment é inepto. Só há uma razão que se pode utilizar para o impeachment. O impeachment só pode acontecer se houver crime de responsabilidade dolosamente praticado pelo presidente da República. Nem o mais picareta dos nossos adversários diz que a Dilma é ladra”, completou.

Para Ciro Gomes, contudo, a presidente tem que tomar ouvir a voz das ruas. “Se o povo brasileiro sair para a rua em multidões corroborando a tese de impeachment, ela cai. Agora, o povo precisar não se deixar manipular, para que a ruptura da democracia não acabe sendo um prêmio amargo por uma pseudovitória de se vingar da Dilma.”

Ciro também destacou que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ainda deve ir para cadeia. “É só termos um pouco de paciência. As instituições brasileiras estão funcionando e eu acho que nós assistiremos. Não pelo parlamento, porque, infelizmente, a maioria é corrupta.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s