Fragmentado entre governo e oposição, PTB quer apoiar Ciro Gomes em 2018

Jornal do Brasil /Eduardo Miranda

A informação foi dada por Lupi na pouco antes da reunião do Diretório Nacional na última sexta-feira (22). Cristiane participaria do evento, mas teve problemas no voo que seguiria para Brasília.

Ex-ministro deu sinais de que não poupará críticas ao governo, ao PMDB e ao PSDB em campanha
Ex-ministro deu sinais de que não poupará críticas ao governo, ao PMDB e ao PSDB em campanha

O PTB do ministro Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Armando Monteiro, é grande aliado da presidente Dilma Rousseff. Mas a presidente do mesmo partido é uma das maiores críticas do Palácio do Planalto. Nas eleições de 2014, Cristiane Brasil chegou a ser presa, acusada de fazer campanha de boca de urna para Aécio Neves (PSDB-MG).

Na Câmara, a exemplo das divergências entre a presidente do partido e o ministro do Mdic, a bancada de pouco mais de 20 deputados do PTB também é dividida entre aliados e detratores do governo.

Pré-candidato do PDT, Ciro Gomes vem dando sinais de que não poupará críticas nem à irresponsabilidade da oposição (PSDB), nem ao principal aliado do governo (PMDB) nem mesmo ao governo. No evento da última sexta-feira, que rendeu homenagem à presidente Dilma, o ex-ministro de Lula não deixou de atacar a atual política econômica do Planalto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s