Justiça dos EUA suspende ação coletiva contra Petrobras

Julgamento do processo ainda não tem data para ocorrer

A Corte Federal de Apelações norte-americana decidiu suspender, temporariamente, a ação coletiva contra a Petrobras que tramitava no país. O pedido tinha sido protocolado pela estatal. Na decisão, também foram suspensas 27 ações individuais.

O processo foi aberto por acionistas dos EUA que se sentiram lesados com a forte desvalorização da companhia, que ocorreu após a deflagração da Operação Lava Jato e a descoberta de esquemas de corrupção na empresa.

A instância de apelação vai avaliar se as justificativas que constam na solicitação dos acionistas preenchem os requisitos necessários para uma ação coletiva. A tramitação fica suspensa até a decisão final da corte.

O julgamento, que estava marcado para 19 de setembro, deve, dessa maneira, ser adiado. A defesa da Petrobras argumenta que a estatal também foi vítima da corrupção e não tentou enganar investidores. Caso a corte avalie que a demanda dos acionistas não preenche os requisitos, os juízes vão estar rejeitando a tese de que a estatal brasileira agiu de má fé.

Processo contra estatal brasileira ocorreu após a deflagração da Operação Lava Jato
Processo contra estatal brasileira ocorreu após a deflagração da Operação Lava Jato
Tags: commodity, empresa, judiciário, petrobras, petróleo, suspensão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s