Trump e Hillary aguardarão resultados a 100m de distância

Previsão é que nome de 45º presidente dos Estados Unidos saia na madrugada

Hillary Clinton e Donald Trump aguardarão o resultado da eleição presidencial nos Estados Unidos a 100 metros de distância um do outro. O magnata republicano ficará com seus familiares e aliados mais próximos em seu luxuosíssimo apartamento na Trump Tower, enquanto a democrata está alojada no Hotel Peninsula, a apenas dois minutos caminhando.

Não estão previstas aparições dos dois candidatos até suas participações nas festas preparadas pelas campanhas.

No dia das eleições à Presidência dos Estados Unidos, o candidato republicano ainda mostra sinais de que poderá não aceitar o resultado das eleições se não vencer. Em uma coletiva com jornalistas, Trump foi perguntado qual seria a sua posição caso perdesse nesta terça-feira, dia 8. “Nós veremos o que acontece”, respondeu o empresário de maneira evasiva.

Candidatos durante votação nesta terça-feira
Candidatos durante votação nesta terça-feira

Trump voltou a acusar a mídia norte-americana de ser “desonesta” e disse que há pesquisas de intenção de voto que “erram de propósito”. “Eu acredito que muitas pesquisas estão erradas de propósito. A mídia é muito desonesta, extremamente desonesta, e eu acho que muitas pesquisas são falsas. Eu não acho sequer que eles entrevistem as pessoas, acho que eles só apresentam números falsos”, disse”.

Para Trump, os números dele na corrida eleitoral apresentaram uma melhora após essas “pesquisas falsas” e após seus “discursos muito importantes”. O republicano ainda analisou seu desempenho em diversos estados e afirmou que vai vencer em Ohio, New Hampshire, Michigan e Wisconsin.

 

Questionado sobre a presença de estrelas internacionais na campanha da rival Hillary Clinton, ele criticou os artistas. “Você sabe, Jay Z, a linguagem que ele usa é terrível e você sabe que ela [Beyoncé], ela fala de mim. E é inacreditável a linguagem de Jay Z e Beyoncé, é inacreditável”, acrescentou.

Hillary

Já a democrata Hillary Clinton afirmou, ao votar em Chappaqua, em Nova York, nesta terça-feira (8), que dará o seu melhor, se tiver a chance de vencer. Hillary compareceu ao posto de votação ao lado do marido, o ex-presidente Bill Clinton, e foi cercada por eleitores e admiradores que pediam para tirar fotos.

“Tanta gente [aqui] demonstra o quão importante é a votação para o futuro do país”, comentou a democrata. Após oito anos como primeira-dama (1993 a 2001) e quatro como secretária de Estado do governo de Barack Obama (2009-2012), Hillary pode se tornar a primeira mulher na Presidência dos EUA se derrotar o magnata Donald Trump, do Partido Republicano, nesta noite. (ANSA)

Topless – Duas mulheres foram retiradas à força do cartório eleitoral em Nova York no qual Trump votou nesta terça. As jovens estavam com os seios de fora com frases como “O1O FEMEN USA” escritas no corpo e gritavam slogans contra o milionário em um protesto contra o candidato republicano. As mulheres, que não foram identificadas e que foram retiradas do local por seguranças, devem fazer parte do grupo radical Femen, nascido na Ucrânia e que já ficou conhecido em todo o mundo pelas suas manifestantes fazerem topless para protestarem.

>> Entre o imprevisível e o calculável: EUA decidem entre Trump e Hillary

>> Eleições nos Estados Unidos ocorrem por meio de delegados; entenda

>> Madonna faz show gratuito a favor de Hillary em NY

>> Animais de zoológico russo simulam ‘eleição’ dos EUA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s