Rapidinhas: Lídice fora da chapa de Rui; Lula se complica; senador lidera em SE; e Monteiro no PDT

temer-padilha

temer-padilhaOperação Lava Jato e protestos contra as reformas da Previdência são os assuntos principais na pauta nacional. Mas a sucessão presidencial e nos estados, em 2018, também segue dominando os assuntos. O ex-presidente Lula faz discurso de campanha, mas sua situação perante a justiça continua complicada; cinco governadores e seis ministros de Temer fazem parte da nova lista do Procurador da República, Rodrigo Janot, enviada ao STF; Armando Monteiro Neto pode trocar o PTB pelo PDT e disputar o governo de Pernambuco.

Na Bahia, a senadora Lídice da Mata (PSB) pode ficar fora da chapa majoritária que terá Rui Costa (PT) como candidato à reeleição para o governo. Em Sergipe, o senador Eduardo Amorim (PSDB) lidera em Nossa Senhora da Glória para o governo e o Senado. Confira:

Lista de Janot tem cinco governadores e seis ministros

rodrigo janotOs novos nomes incluídos da lista enviada ao STF pela Procuradoria Geral da República continua sob sigilo. No entanto, na noite desta quarta-feira (15), a TV Globo divulgou mais alguns dos nomes de políticos que podem ser investigados depois da delação de 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht.

São cinco governadores e seis ministros do governo Temer na lista dos pedidos de investigação: Os governadores citados nas delações divulgados pela TV Globo são: Renan Filho (PMDB), de Alagoas; Luiz Fernando Pezão (PMDB), do Rio de Janeiro; Fernando Pimentel (PT), de Minas Gerais; Tião Viana (PT), do Acre; e Beto Richa (PSDB), do Paraná.

Além disso, um sexto ministro do governo Temer pode ser investigado: Marco Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços). Nessa terça-feira, já havia vazado outros cinco nomes: Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Geral), Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia) e Bruno Araújo (Cidades).

Situação de Lula: pena mínima pode ser de 31 anos

LULAIntegrante da “Lista Janot”, indiciado pela Polícia Federal, denunciado pela Procuradoria-Geral da República e réu – por enquanto – em casos graves de corrupção, o ex-presidente Lula está sujeito de 31 anos de reclusão, caso seja condenado à pena mínima, a até 124 anos. Ele se diz “perseguido”, mas as acusações resultam de três operações da Polícia Federal, forças-tarefas distintas e três juízes federais diferentes.

Lula responde por corrupção passiva, tráfico de influência, lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito, obstrução da Justiça etc. Ele já foi indiciado por crime de obstrução da Justiça, na Lava Jato, e corrupção passiva no caso do tríplex no Guarujá.

O ex-presidente também é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro em contratos da Odebrecht em Angola. Somadas, as eventuais penas de Lula ultrapassariam mais de um século de cadeia, e o Código Penal ainda prevê agravantes. E multas.

PDT quer tirar Armando Monteiro do PTB

armandoEmbora o senador Armando Monteiro esteja no PTB, o PDT está certo de que terá sua filiação a tempo de lançá-lo como candidato ao governo de Pernambuco em 2018. Armando faz parte de um bloco de oposição ao governador Paulo Câmara, do PSB. Conforme a coluna Expresso, da Revista Época, Monteiro afirmou que a decisão de sair do PTB não é só dele.

“Faço parte de um grupo político bem estruturado em Pernambuco e, por isso, [ir para o PDT] é algo que não está decidido nem pode ser decidido sozinho. Meu pai foi do PDT e tenho carinho enorme pelo partido, mas estou no PTB”, afirmou. No começo do ano, Monteiro esteve com outros representantes do PTB no Palácio dos Bandeirantes para convidar o governador paulista, Geraldo Alckmin, a trocar o PSDB pela legenda.

 Articulação pode tirar Lídice da chapa de Rui

Em discurso na tribuna do Senado, senadora Lídice da Mata (PSB-BA)

Eleita na chapa majoritária que reconduziu Jaques Wagner (PT) ao governo da Bahia em 2010, a senadora Lídice da Mata (PSB) pode não participar da composição da chapa na tentativa de reeleição do governador Rui Costa (PT) em 2018. Lídice, no entanto, reforça ser candidata a continuar no Senado, ainda que em 2014 tenha marchado em caminho diferente dos aliados – foi candidata a governadora contra o petista.

De acordo com informações, a socialista seria o elo mais frágil na chapa pré-estabelecida, que conta com Rui para o governo, João Leão (PP) na vice, Wagner para uma das vagas de senador, justamente na ocupada pelo senador licenciado Walter Pinheiro (sem partido), que inicialmente não teria espaço para reeleição após ter deixado o PT – e ter declarado não ser candidato à reeleição –, enquanto Lídice seria candidatura natural ao posto. Porém, com a ascensão do PSD em número de prefeitos e no controle da Assembleia Legislativa e da UPB, a sigla tentaria a quarta vaga na composição para reeleger Rui.

Pesquisa em Sergipe dá senador na liderança

amorimUma pesquisa de intenção de voto em Nossa Senhora da Glória, Sergipe, realizada pelo Instituto França entre os dias 20 e 23 de fevereiro, coloca o senador Eduardo Amorim (PSDB) na liderança tanto para o governo quanto para o Senado. Foram ouvidas 300 pessoas. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. Confira os números:

Governo: Eduardo Amorim (PSDB): 26,2%; N/B/Nenhum: 22,8%; Não sabe/Indecisos: 13,9%; Antônio Carlos Valadares (PSB): 14,4%; João Alves (DEM): 8,4%; Valmir de Francisquinho (PR): 6,4%

Belivaldo Chagas (PMDB): 5,9%; Ricardo Franco (sem partido): 2,0%; João Augusto Gama (PMDB): 0,0%

Senado: Eduardo Amorim (PSDB): 30,7%; Antônio Carlos Valadares (PSB): 28,7%; Pastor Heleno (PSB): 23,8%; Nenhum/N/B: 19,8%; Não sabe/Indecisos: 10,4%; Jackson Barreto (PMDB): 12,4%; Fábio Mitidieri (PSD): 8,9%; Laércio Oliveira (SD): 5,4%; Fábio Henrique (PDT): 4,5%.

.novoPartido Novo abre concurso para candidatos: R$ 1.200

Interessado em concorrer a algum cargo eletivo? Se for pelo Partido Novo, o pretendente terá, antes, de pagar a inscrição para participar de um concurso com outros interessados. Se o pretendente quiser ser candidato a deputado estadual, por exemplo, terá de pagar R$ 600 para entrar na disputa. Se for para o Senado ou para a Câmara Federal, o valor sobe para R$ 1.200 Se não for escolhido na seleção, o dinheiro não é devolvido para o interessado. Fica como doação para o partido. O prazo de inscrição terminará no dia 21 de abril.

O Partido Novo, em número de filiados, é o segundo menor: tem apenas 8.800, de acordo com informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Só está à frente do PCO, que tem 2.900 filiados.

lupiInternacional Socialista elege Lupi vice-presidente

O presidente do PDT e ex-ministro do Trabalho, Carlos Lupi, foi eleito na última semana como um dos vice-presidentes da Internacional Socialista (IS), entidade que reúne partidos socialistas e trabalhistas pelo mundo. O PDT é associado à IS desde 1989. O representante brasileiro na entidade era o ex-procurador gaúcho Carlos Vieira da Cunha. O ex-primeiro-ministro grego George Papandreou foi reconduzido ao cargo de presidente.

R$ 192 milhões para a operação carro-pipa

carro-pipaO Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, autorizou hoje (9) a liberação de R$ 98 milhões para a Operação Carro-Pipa em diversos estados. Com o repasse de R$ 94 milhões efetuado ontem (8), um total de R$ 192 milhões já está disponível para que o Exército faça o pagamento dos serviços prestados por pipeiros, nos meses de fevereiro e março, para o funcionamento da operação.

A Operação Carro-Pipa Federal atende cerca de 4 milhões de pessoas no Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo. A expectativa é que mais de R$ 1 bilhão seja investido nas ações em 2017. A contratação, seleção, fiscalização e pagamento dos pipeiros é uma atribuição do Comando de Operações Terrestres (Coter) do Exército Brasileiro. (Da redação, com informações do Dário do Poder, JC Online, Revista Época e NeNoticias).

http://www.interiordabahia.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s