Ataque perto do Parlamento britânico deixa mortos e feridos

Jornal do Brasil*

A recomendação das autoridades locais é de que a população não chegue perto do local do incidente, e que também mande para a polícia qualquer informação, antes de compartilhar com amigos e conhecidos. Às 15h, as ruas da proximidade ainda estavam interditadas.

Uma mulher se jogou da ponte de Westminster para se salvar do ataque, segundo a Autoridade Portuária de Londres, e foi resgatada com vida das águas do rio Tâmisa, com “graves ferimentos”. Ela recebe “tratamento de emergência” em um hospital da capital.

A Polícia de Londres trata o ataque como um “incidente terrorista”. As informações ainda estão desencontradas e não há balanço oficial sobre feridos.

Homem que fez o ataque foi morto pela polícia
Homem que fez o ataque foi morto pela polícia

As autoridades informaram que a primeira-ministra britânica, Theresa May, está em segurança e foi evacuada do Parlamento em Londres.

Três estudantes franceses estão entre os feridos, informou o primeiro-ministro da França, Bernard Cazeneuve, e seriam da escola Saint-Joseph de Concarneau, de Finistère, que fica na região da Bretanha. Pelo Twitter, Cazeneuve expressou “solidariedade” aos britânicos neste momento “terrível” e disse que todos os franceses estão “prestando apoio” ao país.

Um veículo 4×4 teria investido contra pedestres na ponte de Westminster. Em seguida, o carro teria se chocado contra uma barreira da sede do Palácio de Westminster, sede do Congresso, e seu motorista teria deixado o automóvel armado com uma faca. Ao tentar invadir o Parlamento, o homem foi sido morto pela Polícia.

Testemunhas que presenciaram o ataque dizem que o autor da ação parecia um homem de meia idade. Uma delas contou à emissora Sky News que o indivíduo tinha “traços asiáticos”. Dois policiais teriam tentado contê-lo, sendo que um deles caiu no chão logo depois, confirmando as notícias de que um agente teria sido esfaqueado.

“O outro começou a pedir ajuda, enquanto o agressor prosseguia sua corrida rumo à entrada do Parlamento. Dois homens à paisana e armados com pistola primeiro o intimaram a parar, depois dispararam duas ou três vezes, e ele caiu”, contou à rede BBC a testemunha Quentin Letts. Segundo ele, o homem era robusto e estava vestido de preto.

As entradas do Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha Elizabeth II, foram fechadas após o ataque. A sede da monarquia também teve sua segurança reforçada. A monarca estaria dentro do edifício.

As autoridades de Nova York aumentaram o alerta de segurança após o incidente.

Com informações da agência ‘Ansa Brasil’

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s