#TransformaÊ – Escolas se preparam para a segunda virada educacional Bahia

quinta-feira, 14 setembro, 2017

 

As escolas da rede estadual já estão na contagem regressiva para realização da 2ª edição do #TransformaÊ: virada educacional Bahia, que acontece no dia 21 de setembro, que tem como tema “Tomando Partido Pela Escola”. Gestores, professores e estudantes realizam os últimos preparativos para a apresentação dos projetos de arte, esporte, cultura, ciência, inovação e empreendedorismo, que estão sendo desenvolvidos durante o ano letivo de 2017. A ação vai promover 12 horas de atividades simultâneas com o objetivo de transformar o ambiente escolar, a partir de intervenções sociais e artísticas, na busca de identificar e difundir práticas inovadoras.

O secretário da Educação, Walter Pinheiro, fala da importância das atividades para as unidades escolares. “Este é um momento em que a escola discute o ambiente de ensino e realiza transformações. Por isso, nessa ação, a Secretaria da Educação aproveita para apoiar e acompanhar as atividades com o objetivo de ouvir, perceber e sintonizar-se com a situação das escolas, para que trabalharemos para intensificar a melhora do eixo pedagógico, que consideramos o espírito da escola”, ressaltou.

No Colégio Estadual Alaor Coutinho, em Mata de São João, Região Metropolitana de Salvador (RMS), a iniciativa está empolgando os estudantes. “É uma honra e imensa oportunidade para os alunos apresentarem seus talentos para toda a comunidade. Vai ter música e dança, além de campeonatos de surf e skate e caminhada ecológica. Estamos comprometidos ativamente com esta mobilização e acreditamos que será um dia especial”, destacou a estudante do 3º ano, Stefany Sales, 17 anos, que vai realizar uma apresentação de voz e violão durante o #TransformaÊ.

No Colégio Estadual Deputado Henrique Brito, no bairro de Brotas, em Salvador, além das diversas atividades, os estudantes vão conhecer o trabalho da musicista Carla Fabianny. “A artista possui traços expressivos seja nas artes plásticas, musicais ou cênicas, onde se destaca com sua criatividade. Carla administra o Espaço Cultural Itinerante Catuca-Hit, onde desenvolve projetos socioculturais de reciclagem e oficinas de arte/educação dirigidos a crianças e adolescentes”, contou a professora Lucília Coimbra.

No Colégio Estadual Professor Democrático Rômulo Galvão, no município de Elísio Medrado, 236 Km de Salvador, que foi reconhecida, em 2016, como uma das 18 escolas em gestão democrática do mundo, o #TransformaÊ contará com o envolvimento das famílias. “Pela manhã, os estudantes vão apresentar os trabalhos artísticos que tiveram destaque nos projetos estruturantes da Secretaria da Educação do Estado, com a participação dos pais e convidados. Durante a tarde serão realizadas palestras sobre saúde, abordando temas como depressão, gravidez e doenças sexualmente transmitidas. Em paralelo,  faremos um atendimento específico para os pais que queiram informações sobre o rendimento escolar dos filhos”, explicou o diretor Ivan Silva.

Videoconferência
Como parte da preparação para o #TransformaÊ, a Secretaria da Educação do Estado realizou, nesta quarta-feira (13), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), a videoconferência “Vamos transformar?”. Na oportunidade, foram repassadas informações sobre a 3ª etapa do projeto ENEM 100%, que lançará a ação Redijaê durante a virada educacional. A proposta é fazer com que os estudantes da 3º série do Ensino Médio escrevam, até duas redações, e cadastre os textos no ambiente virtual da Plataforma Anísio Teixeira, pelo endereço: colaborativus.pat.educacao.ba.gov.br. Os textos serão corrigidos e devolvidos aos estudantes, como mais uma forma de auxiliar na preparação para a redação do ENEM.

Participaram da videoconferência, Ney Campello, superintendente de Políticas para a Educação Básica, José Barreto, coordenador de Articulação com os Núcleos Territoriais de Educação, José Renato, representante do IAT, e Josy Sales, representante do Fórum de Dirigentes Escolares do Núcleo Territorial de Educação de Salvador (NTE 26).

http://escolas.educacao.ba.gov.br/noticias/transformae-escolas-se-preparam-para-segunda-virada-educacional-bahia

Anúncios

Ciro fará primeira visita à Bahia até primeira quinzena de outubro

quarta-feira, 13 setembro, 2017

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República no próximo ano, desembarca na Bahia entre o final deste mês e inicio de outubro.

A informação foi dada nesta terça-feira (12) pelo deputado federal Félix Mendonça Júnior, presidente da legenda brizolista na Bahia.

“A gente ainda vai combinar o dia. Deve ser no final desse mês, mas não está marcada ainda. Essa semana ainda a gente fecha a agenda de Ciro, ou no final desse mês ou no inicio do próximo”, disse o parlamentar, que será o responsável pela organização da agenda do presidenciável na Bahia, que é o quarto maior colégio eleitoral do país.

Durante a visita de Ciro, que já era bastante cobrada pelos seus admiradores e militantes do PDT, o pré-candidato vai fazer uma visita à Assembleia Legislativa do Estado, a convite do presidente Ângelo Coronel (PSD), um encontro com o governador Rui Costa (PT), além de ministrar uma palestra na Faculdade de Economia da Ufba.

Na sua passagem por Salvador, o presidenciável também poderá ter um encontro com os militantes pedetistas na sede do partido, na Mouraria, conforme foi discutido na reunião mensal das executivas estadual e municipal desta terça-feira (12).

Apesar de ainda não ter a pauta definida, na Ufba o tema a ser debatido será um misto de politica e economia, conforme adiantou o deputado Félix Junior.  “A pauta é bem politica, mas, na Ufba, os temas são reforma tributária, entre outras coisas”, explicou.

Em BH, Ciro detona Dória e acusa Lula por ter nomeado Geddel

De passagem por Belo Horizonte nesta terça-feira (12), onde participou de um congresso da Central dos Sindicatos Brasileiros, o ex-ministro Ciro Gomes afirmou que o povo brasileiro só elegerá um político como o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), para a Presidência da República se tiver tendência suicida. Ciro também fez críticas ao ex-presidente Lula (PT) e disse que o presidente Michel Temer (PMDB) só sai do cargo por renúncia ou morte.

Ao falar ao jornal O Estado de Minas sobre a tendência de outsiders como Doria se terem apresentado bons resultados na política nas últimas eleições, o ex-ministro disse que o prefeito de São Paulo “é um velho político” que participou do governo Sarney. “(Doria) faz marquetagem, enganando os bobos, mas a máscara está caindo como farsante que é”, disse.

Ciro disse não acreditar que Dória tenha condições de se eleger presidente. “Para chegar à presidência um quadro dessa natureza, só se o povo brasileiro estiver com compulsão suicida muito grave. Porque, parte do que estamos pagando deve-se à experiência da Dilma, uma pessoa não treinada ter como primeira experiência a presidência da república”, disse.

Ciro Gomes disse também que a tese do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de que as denúncias que pesam contra ele são perseguição, não se sustenta mais depois da delação do ex-ministro do seu governo Antônio Palocci. Segundo ele, a fala de um dos principais aliados do petista “fere o centro da narrativa de Lula e do PT”.

“Na medida em que o braço direito do Lula, como eu sei que era o Palocci, faz isso, fica muito difícil sustentar essa narrativa, ou pelo menos atribuí-la ao inimigo”, disse. Ciro afirmou que, mesmo que Lula prove ser inocente, ele tem responsabilidade política pela nomeação de quadros como o próprio Palocci e Geddel Vieira Lima (PMDB/BA), que escandalizou o país na semana passada quando a Polícia Federal descobriu um bunker com R$ 51 milhões em Salvador.

O pré-candidato acredita que o presidente Michel Temer se manterá no poder até 2018, mesmo com as novas acusações que pesam contra ele. De acordo com Ciro, o peemdedebista só sairá por “renúncia ou morte”, pois os atos para tirá-lo do poder dependem da Câmara dos Deputados. Para ele, o Congresso já se mostrou “corrupto” e “subornável”. (Da redação, com informações/ Fotos: Site do PDT/ O Tempo e O Estado de Minas).

http://www.interiordabahia.com.br


Plataforma virtual Edux contribui na preparação dos estudantes para as provas do ENEM

quarta-feira, 13 setembro, 2017

 

Os estudantes do 3° ano do Ensino Médio de sete unidades escolares da rede estadual de ensino estão contando com mais um instrumento de apoio na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), cujas provas serão realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. Trata-se do Módulo EDUX que disponibiliza, por meio do link www.edux.tv, diversos conteúdos voltados para as provas, a exemplo de videoaulas, simulados, chat e outros artifícios interativos. A ferramenta já está sendo utilizada por mais de 2 mil estudantes e pode ser acessada utilizando computadores ou celulares, através da internet.

“Esta é mais uma ferramenta pedagógica com uso de tecnologia, para contribuir com a Educação, a partir de parcerias estratégicas”, destaca o secretário da Educação, Walter Pinheiro. A iniciativa conta com a cooperação técnica da Secretaria da Educação com a empresa Liceu Virtual, a operadora OI e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB).

As unidades contempladas são os Colégios Estaduais Vila de Abrantes, localizado em Lauro de Freitas; General Osório e Instituto de Educação Gastão Guimarães, de Feira de Santana; Bartolomeu de Gusmão, de Camaçari; além do Estadual da Bahia (Central), Raphael Serravalle e Aplicação Anísio Teixeira, situados em Salvador. Outras 40 unidades escolares já se cadastraram para também terem acesso à plataforma.

Aulão do Edux
Os estudantes cadastrados no Módulo EDUX poderão participar do aulão Edux Game Show, que acontecerá no dia 16 de setembro, das 8h às 18h, no Hotel Fiesta, em Salvador. A previsão é que 1200 estudantes participem da programação composta por aulas intercaladas com respostas de questões sobre os assuntos abordados. Os estudantes serão avaliados por todas questões respondidas e seus desempenhos serão ranqueados para concorrerem a brindes como smartphones.

Portal da Educação
Outra opção de suporte para os estudos preparatórios para as provas do exame é o Portal da Educação, que conta com quase 4 mil conteúdos específicos no Ambiente Educacional WEB. São games, vídeos, jogos, dentre outros conteúdos educacionais pensados e elaborados por professores do Instituto Anísio Teixeira, para dinamizar as aulas e disponibilizar novas ferramentas de acesso ao conhecimento.

As videoaulas do EMITEC também estão disponíveis no Portal. Na plataforma digital ainda consta uma rede social educacional, denominado Espaço Aberto, na qual professores podem trocar e compartilhar experiências do uso dessas tecnologias.

http://estudantes.educacao.ba.gov.br/noticias/plataforma-virtual-edux-contribui-na-preparacao-dos-estudantes-para-provas-do-enem


Ciro Gomes vai desembarcar em Salvador, de olho em 2018

terça-feira, 12 setembro, 2017
Presidenciável e ex-governador fará palestras e terá encontros com membros do PDT na capital baiana
Rodrigo Daniel Silva
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

De olho em 2018, o presidenciável e ex-governador do Ceará Ciro Gomes vai desembarcar em Salvador nos próximos dias. A informação foi confirmada ao bahia.ba pelo presidente estadual do PDT, o deputado federal Félix Mendonça Júnior.

De acordo com o parlamentar, Ciro terá encontros com membros do PDT e irá palestrar na capital baiana. “Mas ainda não tem uma data fechada. Será entre o final deste mês e o início do próximo”, contou.

Nesta segunda-feira (11), Félix Mendonça agendou uma visita de Ciro com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel (PSD). “O PDT é um grande parceiro e terei o maior prazer em receber o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, na Bahia e, especialmente, na ALBA”, afirmou o chefe do Legislativo baiano.

http://bahia.ba/politica/de-olho-em-2018-ciro-gomes-vai-desembarcar-em-salvador/


Secretarias discutem estratégias de combate ao racismo institucional

terça-feira, 12 setembro, 2017

Fotos: Emerson Santos – Ascom/Educação
Técnicos das secretarias da Educação, de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) discutiram, nesta segunda-feira (11), estratégias e metodologias de combate ao racismo institucional, durante encontro formativo no Colégio Estadual da Bahia (Central), em Salvador. A iniciativa tem o objetivo de formar gestores públicos municipais e estaduais do Estado da Bahia para a construção e a implementação de políticas públicas de combate ao racismo institucional e de promoção da igualdade racial. Para isso, serão realizadas 20 oficinas formativas nos Territórios de Identidade da Bahia.
Segundo a diretora de Educação e suas Modalidades da Secretaria de Estado da Educação, Rowenna Brito, esta ação é fundamental. “Sabemos que mesmo com todos os avanços, os movimentos, o empoderamento da juventude e das pessoas nos processos decisórios, o racismo se expressa de diversas formas e a ideia desse grupo de trabalho é reunir várias secretarias para construir estratégias de combate ao racismo. Não estamos dizendo que as instituições são racistas e, sim, nós queremos minimizar e combater os efeitos do racismo nas instituições. Para combater, precisamos conhecer como ele se expressa, por exemplo, saber que um estudante pode ir para a escola com cabelo black ou turbante e que isso é parte da identidade cultural dele”, explica a gestora.
O sociólogo e assessor especial da Sepromi, Ailton Ferreira, define o racismo institucional como “a incapacidade das estruturas públicas e privadas de oferecerem um serviço ou um produto de boa qualidade para todas as pessoas, de todos os tipos, etnias e raças e isso é forjado pelo racismo ao longo da história de vida das pessoas. Os mecanismos de educação e os objetos da cultura vão reproduzindo isso e muitas vezes as pessoas praticam sem saber que estão praticando”, destaca.
Para o superintendente de Economia Solidária da SETRE, Milton Barbosa, o racismo institucional ainda é algo muito marcante. “Nas universidades é difícil encontrar professor negro, assim como tem profissões que não existem negros, a exemplo de homens ginecologistas negros, pois o preconceito é grande.  Então, o racismo institucional pode se manifestar em relação ao aluno, mas em relação à própria instituição, a exemplo, quando recusa a tratar dos assuntos relativos à historiografia africana. É um preconceito que manifesta nas instituições, mas existe nas pessoas”, afirma.

Rui acompanha operação do metrô até Mussurunga e inaugura Bioimagem do Ernesto Simões nesta segunda (11)

segunda-feira, 11 setembro, 2017

 

Foto: Manu Dias (Secom/Bahia)

 

 

O governador Rui Costa acompanha o início da operação comercial do metrô nas quatro novas estações da Linha 2, na avenida Paralela, nesta segunda-feira (11). A agenda do governador terá início às 9h na estação do metrô de Pituaçu, de onde ele segue de trem até Mussurunga acompanhado da imprensa. O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, acompanha o governador.

Com a entrega das estações Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz e Mussurunga, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas passa a contar com 19 estações e 29 km operacionais nas Linhas 1 e 2.
Após a viagem entre as novas estações de metrô, o governador segue para o bairro de Pau Miúdo, às 10h30, onde entrega o Centro de Bioimagem do Hospital Ernesto Simões Filho. Foram investidos R$ 13,49 milhões para construção e reforma da unidade e aquisição dos equipamentos de ressonância magnética, tomografia computadorizada e dois aparelhos de Raio-X. As obras incluíram a ampliação da Unidade de Terapia Intensiva e reforma de cinco salas cirúrgicas. O hospital está localizado na Praça Conselheiro João Alfredo, no bairro do Pau Miúdo.

‘Travessias Negras’, de Antônio Olavo, marca mais um ponto na afirmação da identidade negra

sexta-feira, 8 setembro, 2017

Foi lançado no último dia 24 de agosto, no Teatro do ISBA, em Salvador, a série documental “Travessias Negras”, dirigida pelo cineasta baiano Antônio Olavo. Com o teatro completamente lotado, o evento foi marcado pela emoção do público presente, que aplaudiu várias vezes em cena aberta, mostrando uma grande aceitação com mais este trabalho de Olavo no cenário da produção audiovisual baiano.

“Fiquei muito feliz, primeiro pela conclusão de uma obra que afirma a força de uma juventude negra, disposta a afirmar uma identidade, depois pela presença do público, que lotou todos os espaços do Teatro, e por fim pela enorme receptividade das pessoas. Então, foi maravilhoso, estou muito feliz”, disse Olavo à reportagem.

Segundo o diretor, “Travessias Negras é uma serie documental em cinco episódios, que foi feito para a televisão. Então, a partir de setembro ele estará circulando em 235 canais da Rede Pública de Televisão no Brasil inteiro, em TVs educativas, comunitárias e culturais. Aqui na Bahia será transmitido pela TV E (Educativa), nos dias 20 e 27 de setembro, e 4, 11 e 18 de outubro às 21h30. Cada semana haverá a exibição de um episódio inédito”.

Temática sobre o negro

Travessias Negras é mais um trabalho em que Antônio Olavo busca a temática sobre o negro, sempre na perspectiva positiva, o que ele mesmo explica: “A resistência e afirmação do povo negro se dá na política, na cultura, na arte… com esta obra eu busco também contribuir com essa afirmação de uma identidade negra para que ela continue avançando. Esta série reflete uma trajetória de jovens, negros e negras, moradores da periferia, que adentraram as universidades, pelas políticas afirmativas, de cotas, em cursos tidos como nobres. Essa juventude negra está mudando a realidade das universidades na Bahia e no Brasil, e isso é importante ser mostrado”.

Antônio Olavo também é autor de outros trabalhos expressivos, que tiveram grande repercussão pública como “Paixão e Guerra no Sertão de Canudos” (1994), “Quilombos da Bahia”, “Abdias Nascimento Memória Negra” e “A Cor do Trabalho’”.  Seu próximo filme é sobre a Revolta dos Búzios, também chamada de Revolução dos Alfaiates, muito aguardado pelo público baiano. (Da redação / Fotos: Daniela Moura).

http://www.interiordabahia.com.br